Ginecomastia

          A ginecomastia é o nome dado ao aumento dos tecidos (glândula ou gordura) da região mamária no homem. A maioria dos casos ocorre nas fases de mudanças hormonais do homem (infância, adolescência e velhice) sem que isso esteja ligado diretamente a uma doença. Além da questão hormonal (mais comum), o uso excessivo de álcool e drogas(maconha, digitálicos, Quimioterápicos, etc.), neoplasia e no caso da pseudoginecomastia por emagrecimento severosão as principais causas. Quando o aumento da mama nos homens ocorre por um acúmulo de gordura, é então conhecida como lipomastia ou pseudoginecomastia.

           O tratamento é cirúrgico e a técnica depende do tipo de ginecomastia e de sua severidade. Na maioria das vezes consiste na ressecção glandular, lipoaspiração (lipomastia) ou a combinação das duas técnicas quando necessário. Em paciente ex-obeso pode ser necessária realização de uma mamoplastia redutora (ressecção de pele).

Indicação

          Fator psicológico – É extremamente constrangedor para os homens o crescimento das glândulas mamárias. Eles não querem “ter peito” como as mulheres.

          Razões médicas – A única forma de excluir uma neoplasia, com certeza, é pelo exame histopatológico e para isso a ressecção (retirada cirúrgica) precisa ser realizada.

          Idade recomendada: após a adolescência, quando cessar o crescimento

Cirurgia

Realizada em caráter hospitalar, mas nem sempre é necessário o pernoite. A anestesia mais usada é a local associada com sedação. O paciente pode permanecer acordado durante a cirurgia, mas relaxado sob efeito de medicações tranqüilizantes.

É removido o excesso glandular, de gordura ou ambos pela ressecção cirúrgica ou por lipoaspiração (lipomastia exclusiva).

A duração da cirurgia é em torno de 1,5-2 horas.

O uso de dreno pode ser necessário, retiradona manhã seguinte.

As incisões são posicionadas ao redor da aréola em um semicírculo inferior. As cicatrizes tendem a desaparecer ou serem imperceptíveis devido a sua localização.

Recuperação

A alta hospitalar éno mesmo dia. Pode ser necessário o pernoite, quando submetidos à anestesia geral, ou quando associadas a outros procedimentos de maior porte como lipoaspiração de outras regiões.

O curativo é realizado diariamente. É recomendado o uso de malha de compressão elástica no pós-operatório para uma melhor adaptação da pele que ficou em excesso bem como pode apresentar um componente hemostático por compressão.

É prescrita medicação analgésica para uso domiciliar.

O retorno a suas atividades normais é após uma semana. Atividade física extenuante deve ser evitado por pelo menos um mês.Os pontos cirúrgicos são retirados após uma semana.

Complicações

A correção cirúrgica da ginecomastia quando realizada por um cirurgião qualificado e experiente são infreqüentes e usualmente de pequena importância. Podem ocorrer deiscência da sutura, por retirada muito precoce dos pontos, hematoma que normalmente é tratado com uma drenagem, infecção é muito raro. Podem ocorrer complicações tardias como cicatrizes hipertróficas ou discretas assimetrias.

Faça o agendamento online. É fácil, rápido e seguro.