A mamoplastia é o procedimento feito para elevar as mamas caídas.

        Mulheres com ptose (queda) nas mamas podem ter sua vaidade seriamente afetada, pois as mamas são um dos principais símbolos da feminilidade. Na mastopexia pode haver ou não a redução das mamas, reposicionando os mamilos, se necessário.

        Há casos onde a prótese de silicone é recomendada para um melhor resultado da elevação das mamas caídas. Este procedimento, a mastopexia com próteses de silicone, segue o procedimento do lifting de mamas só que introduz próteses que ajudam a estruturar e manter as mamas elevadas e bonitas.

         De todo modo vamos tratar aqui, exclusivamente, do processo de lifting.

Indicação

         Reposicionamento das mamas caídas com retirada do excesso de pele das mamas.

Anestesia utilizada

          Anestesia geral é a mais utilizada.

A cirurgia de redução das mamas deixa cicatrizes? Onde se localizam?

         A cicatriz da mastopexia pode ser de 3 tipos:

Periareolar: quando em casos de menor flacidez, apenas uma sessão de pele em torno das aréolas é retirada, oferecendo a menor cicatriz possível.

Vertical ou em Forma de Pirulito: Nos casos de média flacidez, a cicatriz pode estender-se além dos mamilos, até o sulco inframamário, verticalmente.

T Invertido: É a cicatriz resultante em casos de maior flacidez, onde a quantidade de pele retirada é maior.

Mamas assimétricas também podem ser corrigidas pelo processo do lifting de mamas.

Tempo de cirurgia

          Em média, de 120 a 180 minutos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de centro cirúrgico, pois, esta envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. 

Tempo de internação

         Em geral 24 horas.

Tempo de recuperação

         A paciente pode retomar as atividades cotidianas em três semanas. Os exercícios físicos relativos aos membros inferiores poderão ser reiniciados entre 15 a 30 dias, evitando-se o “alto impacto”. As atividades que envolvam o tórax, geralmente devem aguardar além de 60 a 75 dias.

Resultado final

         Apesar do resultado imediato ser muito bom, somente na fase denominada de “período tardio”, entre o 6º e 12º mês, é que as mamas atingirão a sua forma definitiva.

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS

– Comunicar-se conosco até a véspera da operação, em caso de gripe, indisposição ou antecipação do período menstrual;
– Internar-se no hospital ou clínica indicada na guia de Internação, obedecendo ao horário estabelecido;
– Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia;
– Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja utilizando por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos;
– Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente quatro dias.

RECOMENDAÇÕES PÓS- OPERATÓRIAS

– Evitar esforços nos 8 primeiros dias;
– Não movimentar os braços em excesso. Obedeça às instruções que lhe serão dadas no momento da alta hospitalar, relativas à movimentação dos membros superiores ou massagens;
– Evite molhar o curativo até que seja autorizada a fazê-lo;
– Não se exponha ao sol até segunda ordem;
– Obedeça à prescrição médica;
– Alimentação normal (salvo casos específicos que receberão a devida orientação), a partir do segundo dia, principalmente à base de proteínas (carnes, leite, ovo) e vitaminas (frutas);
– Voltar ao consultório para curativos subsequentes nos dias e horários estipulados;
– Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de esquecer-se de que foi operada recentemente. Cuidado! Esta euforia poderá levá-la a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos;
– Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases.

Faça o agendamento online. É fácil, rápido e seguro.

Mamoplastia